Marcius Machado Cursos de Oratória e Desenvolvimento Pessoal

Clique na imagem serás direcionado para o site.

terça-feira, 28 de janeiro de 2014

Legião Urbano - Metal contra as Nuvens

"Não sou escravo de ninguém
Ninguém, senhor do meu domínio

Sei o que devo defender
E, por valor eu tenho

Eu sou metal, raio, relâmpago e trovão
Eu sou metal, eu sou o ouro em seu brasão
Eu sou metal, quem sabe o sopro do dragão

Reconheço meu pesar
Quando tudo é traição

O que venho encontrar
É a virtude em outras mãos

Quase acreditei na sua promessa
E o que vejo é fome e destruição

Perdi a minha sela e a minha espada
Perdi o meu castelo e minha princesa

É a verdade o que assombra
O descaso que condena

A estupidez, o que destrói

Eu vejo tudo que se foi
E o que não existe mais

Tenho os sentidos já dormentes
O corpo quer, a alma entende

Esta é a terra-de-ninguém

Sei que devo resistir
Eu quero a espada em minhas mãos

Não me entrego sem lutar
Tenho, ainda, coração

Não aprendi a me render
Que caia o inimigo então"...


Nenhum comentário: